Voo com 80 pessoas retiradas do Afeganistão chega à Espanha

voo-com-80-pessoas-retiradas-do-afeganistao-chega-a-espanha
Jornal Lagoa News

Espanha resgata as primeiras 80 pessoas que deixaram o Afeganistão pela fronteira com o PaquistãoEspanha resgata as primeiras 80 pessoas que deixaram o Afeganistão pela fronteira com o Paquistão Pixabay

Um avião com cerca de 80 refugiados afegãos, entre eles colaboradores que trabalharam para as autoridades espanholas e seus familiares, retirados do país via Paquistão, chegou à Espanha na noite desta segunda-feira (11), informaram o governo espanhol e a emissora pública TVE.

A aeronave militar aterrissou na base aérea de Torrejón de Ardoz, em Madri, por volta das 21h00 locais (16h00 em Brasília), segundo mostraram as imagens exibidas pela TVE.

Os ministros de Defesa, Relações Exteriores e Migrações compareceram ao aeroporto para receber o avião procedente de Islamabad, no Paquistão, conforme informou o governo espanhol em comunicado.

Veja também

  • Intérprete que ajudou a resgatar Biden em 2008 foge do Afeganistão

    Internacional

    Intérprete que ajudou a resgatar Biden em 2008 foge do Afeganistão

     


  • EUA: casal é detido por vender informações sobre navios nucleares

    Internacional

    EUA: casal é detido por vender informações sobre navios nucleares

     


  • ONU diz que Talibã descumpriu promessas de direitos das mulheres

    Internacional

    ONU diz que Talibã descumpriu promessas de direitos das mulheres

     

Uma fonte do governo que pediu o anonimato tinha confirmado mais cedo para a AFP a operação para levar à Espanha, via Paquistão, afegãos que trabalharam para o país europeu, sem oferecer mais detalhes, alegando “razões de segurança”.

Segundo vários meios de comunicação espanhóis, incluindo o jornal El País e uma rádio pública, são cerca de 250 cidadãos afegãos no total, que teriam cruzado a fronteira com o Paquistão, de onde serão transportados para Madri em dois aviões militares.

O primeiro trouxe cerca de 80 pessoas, entre elas 14 colaboradores afegãos e seus familiares, segundo a TVE, que mostrou imagens de homens, mulheres e crianças desembarcando da aeronave com alguns pertences.

O segundo avião com as pessoas que faltaram deve chegar à capital espanhola nesta terça-feira (12).

Esta operação vinha sendo preparada há um bom tempo pelo governo espanhol. O ministro das Relações Exteriores, José Manuel Albares, viajou ao Paquistão e ao Catar em setembro para tratar do assunto.

Assim como outros países ocidentais, a Espanha implementou uma ponte aérea no final de agosto para remover centenas de pessoas do Afeganistão, onde o Talibã assumiu o poder. Essas evacuações foram interrompidas com a saída dos últimos soldados americanos que controlavam o aeroporto de Cabul.

No total, a Espanha conseguiu retirar 2.206 pessoas de Cabul, a grande maioria afegãos, dos quais 1.671 eram colaboradores que trabalharam para a Espanha, que deixaram o país com suas famílias.

O presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, disse no final de agosto que a Espanha não abandonaria os afegãos que não conseguiram partir.

O responsável pela diplomacia da União Europeia, o espanhol Josep Borrell, pediu aos Estados-membros na sexta-feira (8) que acolhessem pelo menos entre 10 e 20 mil refugiados afegãos adicionais.

“Mas, para recebê-los, é preciso tirá-los de lá, e é isso que também estamos fazendo, e não é tão fácil”, disse Borrell em um fórum em Madri.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.