Trote é cringe? Saiba o que causa ‘vergonha alheia’ na escola

trote-e-cringe?-saiba-o-que-causa-‘vergonha-alheia’-na-escola
Jornal Lagoa News

Cringe é a palavra da moda que viralizou nas discussões nas redes sociais nos últimos dias. A gíria se refere a algo ou comportamento que cause vergonha alheia ou seja ultrapassado. Sabe o que é cringe na escola? Veja aqui:

A discussão entre millenials (geração Y) e a geração Z, entre os que nasceram nos anos 80/90 e aqueles que nasceram nos anos 2000, ganhou as redes e foi um dos assuntos mais comentados dos últimos dias. Na prática, nada mais é do que o velho conflito de gerações, ops, uma frase bem cringe. Para o professor Rodrigo Ramos da escola Vereda realmente houve uma mudança de comporamento nas escolas. “A escola se adapta às gerações, o aluno é o protagonista e não cabe usar os mesmo métodos dos anos 90 em 2021”

Trote é cringe? Sim. “O trote violento e humilhante não tem mais espaço hoje, cada vez mais é comum ver ações solidárias com doação de alimentos, sangue e cobertores”, explica Ramos. “Essa geração atual está muito mais preocupada com questões sociais, com o mundo a sua volta e com uma sociedade mais humana, o trote antigo é cringe”

Decoreba é cringe? O quadro negro, giz e um professor falando sem parar é realmente cringe. “Nos anos 90, quase não havia interação com os alunos, o foco era transmitir conteúdo, o aluno decorar a matéria e se destacar nos vestibulares”, observa o professor. “Hoje, sabemos que cada aluno tem a sua maneira de aprender e esses estudantes estão mais envolvidos com debates em outros tempos considerados polêmicos como feminicídio, racismo entre outros”

Itinerários formativos ou o novo ensino médio não é cringe. A partir de 2022, todos os estudantes do ensino médio do país terão uma formação básica e depois poderão escolher as áreas que pretendem se aprofundar de acordo com as suas aptidões e projeto de vida. “É possível seguir para uma área técnica, profissionalizante, amplia os horizontes, mas o ensino médio antigo é cringe

Informação em uma única fonte é cringe. “A geração dos anos 80 e 90 se informava apenas pela televisão, hoje, os adolescentes e jovens têm acesso à internet e a diferentes fontes, estão por dentro dos debates, têm argumentos e sabem conversar sobre diferentes assuntos”

Prova é cringe, avaliação não. Aquela história de entrar em pânico na hora da prova, roer as unhas e ficar decorando fórmulas é cringe. “A ideia de prova como uma questão de vida ou morte deve ser desconstruída, hoje as avaliações são muito mais para medir a capacidade de análise do que se o aluno decorou algo”

“Apesar das disputas nas redes sociais, uma geração pode aprender muito com a outra, essa troca é saudável, principalmente em uma sala de aula com alunos e professores”, conclui Ramos

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.