Seleção feminina de handebol bate Hungria e conquista primeira vitória em Tóquio

Jornal Lagoa News

Após estrear nos Jogos Olímpicos de Tóquio empatando com as russas, a seleção feminina de handebol encarou a Hungria no final da noite desta segunda-feira, horário de Brasília (final da manhã de terça no Japão), e saiu de quadra comemorando a primeira vitória na competição. Com uma atuação sólida, as brasileiras venceram por 33 a 27, em mais um duelo no Yoyogi National Stadium.

O resultado deixa o Brasil com três pontos na disputa do Grupo B, formado por ROC (Comitê Olímpico da Rússia), Espanha, França, Hungria e Suécia. Já o Grupo A tem Holanda, Montenegro, Coreia do Sul e Angola. Ao final da primeira fase, os quatro melhores colocados de cada chave avançam às quartas de final.

Apesar de derrotas em amistosos recentes contra as húngaras, a seleção mostrou que a história é outra quando a disputa envolve o sonho de conquistar uma medalha olímpica. O início do jogo sinalizou a chegada de um novo revés, já que as adversárias chegaram a abrir uma vantagem de 4 a 1 no placar, mas o cenário não assustou as brasileiras.

O empate por 4 a 4 veio com gols de Alê, Bruninha e Larissa, abrindo caminho para Duda Amorim conseguir a virada. A partir daí, a Hungria não conseguiu reverter em nenhum momento da partida e foi dominada por um Brasil bastante seguro. Assim, o primeiro tempo terminou com vitória por 17 a 11.

Na etapa final, a superioridade prevaleceu do lado brasileiro. Ainda que a Hungria tenha dado sinais de reação em alguns momentos, não foi o suficiente para ameaçar a vitória do Brasil. A vantagem chegou a ser de nove gols, mas a pressão final do time europeu fechou o jogo com 33 a 27 no placar.

O próximo adversário da seleção brasileira será a Espanha, em duelo marcado para as 23 horas de quarta-feira, no horário de Brasília. O jogo é válido pela terceira rodada.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.