Saiba mais sobre o auxílio emergencial do governo para atender famílias durante pandemia

Repórter Jalila Arabi

Jornal Lagoa News
PMCG CORONA 22/03 A 21/04
Por causa da pandemia do novo coronavírus, o governo federal anunciou o pagamento de um auxílio emergencial no valor de R$ 600, por três meses, para trabalhadores autônomos, desempregados e microempreendedores.

Para receber o auxílio, é necessário ser maior de 18 anos de idade. Pode receber quem não tem trabalho com carteira assinada, idosos e pessoas com deficiência que ainda não receberam o Benefício de Prestação Continuada (BPC), pessoas que não recebem benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou renda de algum programa federal de transferência de renda. Caso queira, o Bolsa Familia pode ser substituído temporariamente pelo auxílio emergencial, mas não é possível receber os dois ao mesmo tempo. As regras também valem para imigrantes e refugiados.

É importante saber que apenas dois membros da família podem receber o auxílio emergencial. Mulheres que são as únicas responsáveis pelas despesas da casa podem receber duas cotas do auxílio por mês, ou seja, R$ 1.200.

Para receber o pagamento, o primeiro passo é estar cadastrado no aplicativo da Caixa Econômica Federal pelo celular ou no CadÚnico. Mesmo sem crédito no celular, é possível acessar o aplicativo.

Você também pode acessar o site auxilio.caixa.gov.br. Caso não tenha acesso à internet ou ao celular, pode se dirigir a uma das agências da Caixa ou casas lotéricas.

Se ainda tiver dúvidas, ligue para o telefone 111, número criado pela central da Caixa exclusivamente para tratar desse assunto.

Estar bem informado é essencial para proteger você a todos à sua volta. Compartilhe informações seguras com sua família, amigos e colegas. Saiba mais sobre as ações do UNICEF contra o coronavírus no site unicef.org.br.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.