Rony afirma que não foi pênalti e ‘inocenta’ árbitro: ‘Ele seria o prejudicado’

Jornal Lagoa News
Lance

Lance
Lance

Rony começou a partida contra o Sport no banco de reserva e entrou na etapa final no lugar de Lucas Lima. Nos acréscimos da partida, o atacante foi protagonista de um lance polêmico. Afastada por Luan, ela tocou no braço do atacante, que tentou evitar o toque.

PALMEIRAS SEGUE NO G6! CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRÃO

O árbitro Dyorgines Jose Padavani de Andrade, então, marcou a penalidade máxima para o time pernambucano. Minutos depois, o juiz foi chamado pelo VAR para analisar o lance e anulou o pênalti, o que gerou muita discussão e reclamações por parte dos donos da casa.

O camisa 11 do Verdão, na saída de campo, afirmou que o lance foi muito rápido e que a bola tocou no seu braço. No entanto, Rony inocentou” o Dyorgines e disse o árbitro sairia da Ilha como o grande prejudicado. O atacante reforçou que o VAR fez o correto para reparar o erro.

– Ele estava próximo e custou para marcar o pênalti. A bola realmente pegou na minha mão, mas foi o nosso zagueiro que tirou a bola. O lance é tão rápido que não tem como tirar o braço. O lance rápido. E o VAR é pra isso. Corrigir o que o árbitro errou. Se realmente ele marca, ele seria prejudicado – ponderou.

Rony comemorou os três pontos conquistados fora de casa e disse que o Alviverde soube aguentar a pressão do adversário. Ele comentou que o forte calor no Nordeste dificulta o rendimento da equipe e fez questão de exaltar a força dos companheiros.

– Cada vez mais, a confiança só aumenta. Muito feliz pelo resultado e pela vitória. A equipe que entrou jogando soube suportar a pressão. Jogar aqui é difícil por conta do calor. A equipe está de parabéns – finalizou.

O Palmeiras enfrenta o Grêmio pelo Brasileirão na próxima sexta-feira (15), no Allianz Parque. Antes disse, o Verdão tem duelo decisivo diante do River Plate pelo jogo de volta da semifinal da Taça Libertadores, na próxima terça-feira (12), na casa palmeirense.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.