Príncipe Harry aceita indenização de grupo dono de tabloide

principe-harry-aceita-indenizacao-de-grupo-dono-de-tabloide
Jornal Lagoa News

Príncipe Harry aceita indenização de tabloides

O príncipe Harry aceitou nesta segunda-feira (1º) uma quantia “substancial” como indenização do grupo editorial dono do tabloide britânico The Mail On Sunday e do site MailOnline, pela publicação de informações da relação do neto da rainha Elizabeth II com as Forças Armadas.

Os veículos noticiaram que, após deixar as funções que desempenhava nos Royal Marines, a Marinha britânica, Harry havia “depreciado” a instituição, o que o príncipe acusou serem alegações “infundadas, falsas e difamatórias”.

O filho de Charles e Diana entrou com um processo contra a companhia Associated Newspapers, por causa da difusão de “dois artigos quase idênticos”, publicados em outubro do ano passado.

Nos textos, o tabloide e o site, que é a versão online da publicação, era garantido que o príncipe não havia estado em contato com as equipes de reportagem de ambos, desde a última vez em que esteve à disposição dos Royal Marines, em março de 2020.

Hoje, em breve audiência no Tribunal Superior de Londres, os advogados de Harry afirmaram que a Associated Newspapers aceitou que as afirmações publicadas eram falsas “apesar delas já terem feito um dano considerável”.

A advogada Jenny Afia revelou que a indenização paga para o príncipe – que não teve o valor divulgado -, será doada Fundação Invictus Games.

As publicações indicaram que o Duque de Sussex “deu as costas” para o Exército, ignorando correspondência de um antigo integrante do alto comando, em que era cobrado por “não levar o trabalho a sério”.

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.