ONG lança curso de tecnologia em parceria com multinacional

ong-lanca-curso-de-tecnologia-em-parceria-com-multinacional
Jornal Lagoa News
ONG apóia crianças e jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social

Atuando há 28 anos na cidade de Diadema, na Grande São Paulo, a Rede Cultural Beija-Flor ajuda crianças e jovens, com idades entre 6 e 24 anos, em situação de risco ou vulnerabilidade social.

Em junho, a ONG (organização não-governamental) lançará um curso de educação em tecnologia em parceria com a CISCO Brasil, empresa líder mundial em tecnologia da informação e redes, visando levar noções do mundo digital para crianças e jovens. Mais informações sobre o curso podem ser obtidas no site da instituição.

Além disso, a ONG realiza diversas campanhas para auxiliar os que mais precisam. Na ação “Sem inclusão, não há educação”, o objetivo é arrecadar tablets, notebooks e smartphones para alunos que não têm condições de assistir às aulas durante a pandemia por falta de infraestrutura e equipamento. Qualquer pessoa pode colaborar com a campanha, doando equipamentos em bom estado. Para saber como, basta acessar o site da ONG.

Impacto social

Somente em 2021, foram 2.820 pessoas impactadas pela organização. Destas, 425 são crianças e jovens matriculados nas atividades oferecidas pela rede, 122 alunos do curso feito em parceria com o Sebrae, Senac e Senai, 202 famílias da comunidade, 283 familiares dos matriculados, 40 indígenas e 39 pelo Sistema S (conjunto de organizações voltadas para treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa e assistência técnica).

Através dos seus pilares de atuação, a organização não-governamental promove o esporte, a educação socioemocional e a nutrição, bem como orientação vocacional e orientação profissional para promover de forma integral o desenvolvimento pessoal e profissional dos envolvidos.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.