Nova Zelândia impõe lockdown devido a três casos de covid-19

nova-zelandia-impoe-lockdown-devido-a-tres-casos-de-covid-19
Jornal Lagoa News

A primeira-ministra, Jacinda Ardern, determinou bloqueio a partir deste domingo

A primeira-ministra, Jacinda Ardern, determinou bloqueio a partir deste domingo  –  Bianca De Marchi / EFE – EPA – Arquivo

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, determinou um bloqueio de três dias em Auckland neste domingo (14), após a descoberta de um novo surto de infecções por coronavírus.

Cerca de 1,7 milhões de pessoas terão que ficar em casa a partir da meia-noite deste domingo. Escolas e empresas ficarão fechadas na segunda-feira (15), exceto para atividades consideradas “essenciais”.

Três membros da mesma família apresentaram teste positivo neste fim de semana. Até agora, o país tem sido considerado exemplo por sua eficácia no gerenciamento da pandemia.

Veja também

  • Variante do coronavírus do Amazonas circula na cidade de SP

    São Paulo

    Variante do coronavírus do Amazonas circula na cidade de SP

     


  • 'Alívio', diz neta de idosa de 107 anos após avó ser vacinada

    Saúde

    ‘Alívio’, diz neta de idosa de 107 anos após avó ser vacinada

     


  • Anvisa atualiza andamento de análises de vacina contra covid-19

    Saúde

    Anvisa atualiza andamento de análises de vacina contra covid-19

     

Ardern explicou que o confinamento foi decidido “como medida de precaução caso a cepa do vírus detectada seja uma das mais transmissíveis”.

“Pedimos que os residentes de Auckland fiquem em casa para evitar qualquer risco de propagação”, acrescentou.

A cidade também será isolada do resto do país. A entrada e saída de Auckland serão severamente restritas.

O resto do país irá para o nível 2 de alerta de saúde, que exige o uso de máscaras nos transportes públicos e a proibição de concentrações de mais de 100 pessoas.

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.