Muito além de Maradona! Relembre as mortes no esporte no ano de 2020

Jornal Lagoa News

 

O ano da pandemia de covid-19 ficará marcado também pelas mortes de grandes ídolos do Esporte. Em 25 de novembro, menos de um mês após completar 60 anos, um dos maiores futebolistas da história, Diego Maradona, morreu, vítima de parada cardiorrespiratória. Mas a partida do ídolo argentino não foi a única que chocou o mundo esportivo. Relembre outras:

 

Diego Maradona (ex-jogador de futebol)
Fragilizado pelas suas condições de saúde e por estar se recuperando de uma cirurgia no cérebro, a morte de Maradona originou suspeitas de negligência, levantadas pelos familiares. O falecimento causou comoção na Argentina e cerca de um milhão de pessoas se aglomeraram, em meio à pandemia e a tumultos, para acompanhar o velório, na Casa Rosada

Rodrigo Rodrigues (jornalista)
O jornalista morreu no dia 28 de julho, em virtude de complicações decorrentes de um quadro de trombose venosa cerebral. O apresentador do SporTV tinha 45 anos e estava afastado do trabalho por conta do diagnóstico da covid-19 ocorrido na primeira quinzena de julho

Jorge Luiz Domingos (massagista do Flamengo)
O profissional morreu no dia 4 de maio aos 68 anos em decorrência do coronavírus. Jorge Luiz Domingos era o funcionário mais antigo do departamento de futebol do Flamengo. O profissional estava no clube carioca desde 1980, e fez parte das principais conquistas do clube carioca, como as Libertadores de 1981 e 2019, além do Mundial em 1981. Ele também fez parte da comissão técnica da seleção brasileira que conquistou a Copa do Mundo de 2002, na Coreia do Sul e no Japão

Lorenzo Sanz (ex-presidente do Real Madrid)
Comandante do Real Madrid entre os anos de 1995 e 2000, Lorenzo Sanz morreu no dia 21 de março em virtude da covid-19. Como dirigente do clube espanhol, foram seis títulos conquistados, sendo duas Ligas dos Campeões, em 1998 e 2000. Sanz estava com 76 anos e tinha problemas renais e diabetes

Sergio Noronha (jornalista)
Um dos maiores jornalistas esportivos do Brasil, Sérgio Noronha morreu aos 87 anos de idade, vítima de uma parada cardíaca, no dia 24 de janeiro. “Seu Nonô”, como era conhecido, trabalhou por muitos anos no Jornal do Brasil. Nos seus últimos anos de vida, Noronha lidava com Alzheimer

David Stern (ex-comissário da NBA)
Ex-comissário e considerado o maior dirigente da história a da NBA, David Stern morreu no dia primeiro de janeiro de 2020, aos 77 anos. Ele sofreu uma hemorragia cerebral e permaneceu internado por três semanas antes de perder a vida

Kobe Bryant (ex-jogador de basquete)
Também em janeiro, no dia 26, outra lenda da NBA perdeu a vida. Trata-se de Kobe Bryant, pentacampeão da liga com o Los Angeles Lakers. O astro morreu aos 41 anos ao lado de de outras oito pessoas, entre elas sua filha, Gianna, em um acidente de helicóptero na Califórnia

Valdir Espinosa (ex-jogador e técnico de futebol)
O ex-jogador e técnico Valdir Espinosa, de 72 anos, morreu no dia 27 de fevereiro, após complicações de uma cirurgia na região abdominal. Ele é um dos grandes ídolos do Grêmio, tendo comandado a equipe no título mundial de 1983

André Balada (ex-jogador de futebol)
Jogador com passagens por Atlético-MG e Palmeiras morreu no dia 6 de fevereiro, aos 42 anos, após uma parada cardíaca. André teve inúmeros problemas com drogas ao longo da carreira

Rui Chapéu (jogador de sinuca)
Grande lenda da sinuca, Rui Chapéu morreu aos 80 anos, no dia 29 de fevereiro. Ele não resistiu a um infarto

Paolo Rossi (ex-jogador de futebol)
Conhecido por ser um dos grandes carrascos da seleção brasileira na história, o ex-atacante Paolo Rossi morreu na madrugada do dia 10 de dezembro. O italiano, autor de três gols contra o Brasil na Copa de 1982, sofria com um câncer no pulmão. Ele estava com 64 anos

Cadu Cortez (jornalista)
O narrador Cadu Cortez não resistiu a um infarto e morreu no dia 3 de março, aos 40 anos. Com passagens por vários canais de TV, ele atualmente estava na DAZN

Dalmo Pessoa (jornalista)
O comentarista esportivo Dalmo Pessoa morreu no dia 6 de outubro, aos 78 anos, em São Paulo, vítima de uma pneumonia. Ele teve passagem por Rede Vida, Rádio Tupi, Rádio Record e Rádio Bandeirantes, além de marcar época na TV Gazeta, ao participar do programa “Mesa Redonda”

Fernando Vannucci (jornalista)
Criador do bordão “alô, você”, o apresentador e comentarista esportivo Fernando Vannucci morreu aos 69 anos no dia 24 de novembro. Nascido em Uberaba, em Minas Gerais, o jornalista começou a trabalhar aos 15 anos, na Rádio Sociedade Triângulo Mineiro, na sua cidade natal. Depois de passagens por outras rádios, foi contratado pela TV Globo, em 1973. Em 1999, foi para a Bandeirantes, de onde saiu para comandar uma atração na Record TV. Em seguida, ainda trabalhou na Rede TV! Desde 2014, estava na Rede Brasil de Televisão

Orlando Duarte (jornalista)
Mais uma lenda do jornalismo esportivo que nos deixou em 2019 foi Orlando Duarte. O cronista, que cobriu 14 Copas do Mundo e 10 Jogos Olímpicos e acompanhou de perto a carreira de Pelé, estava com 88 anos e morreu em decorrência de complicações da covid-19

Marcelo Veiga (ex-jogador e técnico de futebol)
Conhecido por suas inúmeras passagens no Bragantino, o treinador morreu no último dia 14, aos 56 anos. Ele estava afastado do São Bernardo e sofreu complicações respiratórias devido à covid-19

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.