Manifestantes organizam carreata nacional pelo retorno às aulas

manifestantes-organizam-carreata-nacional-pelo-retorno-as-aulas
Jornal Lagoa News

Ato deve contar com a participação de professores pais e médicos de 27 cidades

Ato deve contar com a participação de professores pais e médicos de 27 cidades – Tata Benedicto/Estadão Conteúdo

Pais, médicos, professores e representantes das escolas privadas organizam uma carreata nacional, no próximo domingo (16), a favor do retorno às aulas presenciais em fevereiro. Organizadores de 27 cidades já confirmaram participação na manifestação. Em São Paulo, a concentração ocorrerá a partir das 9h, na praça Charles Miller.

Segundo os organizadores, o movimento defende que a educação tem que ser tratada como serviço essencial, que as crianças raramente transmitem a covid-19 e que os impactos psicológicos dos estudantes podem ser graves.

Veja também

  • Muro cai após temporal e destrói apartamentos no interior de SP

    São Paulo

    Muro cai após temporal e destrói apartamentos no interior de SP

     


  • Segurança térmica da vacina da Índia está garantida, diz Ministério

    Christina Lemos

    Segurança térmica da vacina da Índia está garantida, diz Ministério

     


  • Polícia prende cunhado suspeito de mandar matar vendedora no Brás

    São Paulo

    Polícia prende cunhado suspeito de mandar matar vendedora no Brás

     

Entretanto, o APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) ameaça que a categoria entrará em greve caso a volta às aulas aconteça em fevereiro. O sindicato ainda defende que os professores sejam considerados grupo prioritário para a vacinação.

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.