Mãe ‘tatua’ telefones nas costas da filha por medo de morrer e deixar a criança sozinha na guerra

mae-‘tatua’-telefones-nas-costas-da-filha-por-medo-de-morrer-e-deixar-a-crianca-sozinha-na-guerra
Jornal Lagoa News
Pequena Vira tem apenas 2 anos

Pequena Vira tem apenas 2 anos
Reprodução instagram/Sasha Makoviy

Uma mãe ucraniana viralizou nas redes sociais após publicar uma foto com os telefones de contato de familiares escritos à caneta nas costas da filha. Segundo Sasha Makoviy, ela decidiu “tatuar” a pequena Vira, de apenas 2 anos, para caso morresse e a pequena ficasse sozinha.

Na publicação, Sasha explicou que os primeiros dias de guerra foram aterrorizantes e que ouvia de sua casa o som das bombas lançadas pelo exército russo.

“Escrevi caso Vira sobrevivesse e algo acontecesse conosco, fazendo com que alguém a resgatasse. […] Um pensamento louco passou pela minha cabeça: ‘Por que não tatuar as informações nela?’”

A publicação da ucraniana tem mais de 20 mil curtidas e ganhou repercussão internacional. Sasha voltou a usar a internet para contar que ela e a filha estão bem e que conseguiram fugir para a França.

“Quero informar que eu e a Vira estamos absolutamente seguras. Fomos para o exterior e estamos no sul da França. Fomos recebidos por voluntários com moradia e com todos os cuidados. ”

 

Para Sasha, é difícil entender como tantas pessoas se preocuparam com a vida dela e de sua filha, enquanto outros milhares de seres humanos atacam a Ucrânia diariamente.

“Não me ocorre como no nosso mundo, no mesmo momento em que o mal continuo invade nossas cidades, eu estava cercada [nos comentários do Instagram] por esse bem sem limites.”

De acordo com a agência da Nações Unidas para refugiados, mais de 4,3 milhões de crianças precisaram deixar suas casas desde que a Rússia iniciou a atual ofensiva na Ucrânia, em 24 de fevereiro.

 

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.