Israel quer produzir vacina contra covid-19 na Argentina

israel-quer-produzir-vacina-contra-covid-19-na-argentina
Jornal Lagoa News

Instituições argentinas fariam os testes clínicos e produção da vacina israelense Instituições argentinas fariam os testes clínicos e produção da vacina israelense  – Juan Ignacio Roncoroni / EFE Arquivo

O governo da Argentina afirmou nesta segunda-feira (8) que Israel demonstrou interesse em realizar estudos de fase 3 e a subsequente produção de sua vacina em desenvolvimento contra a covid-19 no país sul-americano.

Leia também: Mundo já aplicou mais de 300 milhões de vacinas contra covid-19

“A oferta que eles nos fizeram, que já transmiti ao nosso presidente, Alberto Fernández e ao nosso chanceler, Felipe Solá, é por um lado a possibilidade de realizar a fase 3 na Argentina, para a qual seria necessário entre 24 mil e 30 mil voluntários”, afirmou o embaixador argentino em Israel, Sergio Urribarri.

De acordo com declarações do embaixador divulgadas pelo Ministério das Relações Exteriores, por outro lado, Israel tem “interesse em estabelecer uma linha de produção na Argentina, que seria a primeira do mundo, para a qual seria necessário encontrar uma empresa farmacêutica argentina para atuar como parceira local”.

Veja também

  • Uruguai inicia nova fase de campanha de vacinação 

    Internacional

    Uruguai inicia nova fase de campanha de vacinação

     


  • Fernández promete corrigir erros após escândalo da 'vacina VIP'

    Internacional

    Fernández promete corrigir erros após escândalo da ‘vacina VIP’

     


  • Professores pedem suspensão de aulas por contágios no Chile

    Internacional

    Professores pedem suspensão de aulas por contágios no Chile

     

Urribarri reuniu-se hoje em Jerusalém com Zeev Rothstein, diretor geral do Hospital Hadassah, e com Eran Zahavi, diretor do Instituto de Pesquisa Biológica de Israel (IIBR, na sigla em inglês), órgão que depende do Ministério da Defesa israelense e realiza o desenvolvimento e testes clínicos de uma vacina contra covid-19 em vários hospitais liderados pelo Hadassah.

Segundo o comunicado, os estudos da fase 2 seriam concluídos em dois meses.

“Tanto o diretor do Hospital Hadassah quanto o diretor do Instituto de Pesquisa Biológica de Israel, que desenvolvem a vacina, nos disseram que consideram que a infraestrutura médica e farmacêutica em nosso país é excelente e permite que a produção se desenvolva na Argentina”, disse Urribarri.

Segundo a Chancelaria argentina, o Hospital Hadassah e o IIBR tomarão conhecimento da “regulamentação argentina para continuar analisando a possibilidade de aprovar essa operação”

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.