Invasão ao Capitólio: policiais e bombeiros serão investigados

invasao-ao-capitolio:-policiais-e-bombeiros-serao-investigados
Jornal Lagoa News

Policiais e bombeiros podem ter participado de invasão ao Senado

Policiais e bombeiros podem ter participado de invasão ao Senado

Shannon Stapleton/Reuters – 06.01.2021

Enquanto os investigadores procuram identificar manifestantes que invadiram o Capitólio dos Estados Unidos, os departamentos de polícia da Virgínia e do Estado de Washington colocaram policiais em licença enquanto autoridades examinam se eles participaram de atos ilícitos quando estavam fora de serviço.

Os bombeiros da Flórida e da cidade de Nova York também disseram que relataram às autoridades federais alegações de que alguns de seus membros podem ter estado presentes quando a multidão invadiu o Capitólio quando o Congresso se reuniu para certificar os resultados da eleição presidencial de 3 de novembro.

O departamento de polícia da pequena cidade de Rocky Mount, Virgínia, disse neste domingo que colocou dois policiais em licença administrativa depois de saber que eles compareceram a um “evento” em Washington, DC, na quarta-feira, enquanto estavam de folga.

“A cidade de Rocky Mount apóia totalmente todas as expressões legais de liberdade de expressão e reunião de seus funcionários, mas não tolera os atos ilegais que ocorreram naquele dia”, disse o departamento em um comunicado, dizendo que notificou as autoridades federais.

Cinco pessoas perderam a vida, incluindo um policial do Capitólio, quando partidários do presidente Donald Trump invadiram o Capitólio em uma tentativa de interromper o reconhecimento formal da derrota eleitoral de Trump para o democrata Joe Biden.

Dezenas de pessoas foram acusadas criminalmente e o FBI buscou ajuda do público para identificar mais participantes.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.