Impeachment: Trump é absolvido em julgamento no Senado

impeachment:-trump-e-absolvido-em-julgamento-no-senado
Jornal Lagoa News

Senado absolveu Donald Trump neste sábado (13) Senado absolveu Donald Trump neste sábado (13)  –  US Senate TV via Reuters – 13.2.2021

O ex-presidente dos EUA, Donald Trump, foi absolvido em seu segundo processo de impeachment no Senado do país em uma votação apertada neste sábado (13). Como era esperado, a maioria dos senadores republicanos votou pela absolvição. Ele era acusado de ter incitado a invasão ao Capitólio, sede do Congresso, em 6 de janeiro.

Leia também: Por que tudo mudou no julgamento de Trump no Senado?

Votaram a favor da condenação do ex-presidente todos os 50 democratas e apenas 7 republicanos. Eram necessários 17 votos do partido para que a maioria absoluta de dois terços necessária à condenação fossem atingida. Ainda que a margem desfavorável a Trump fosse maior do que em outras votações, os 43 votos a favor dele foram mais do que suficientes.

Foi a segunda vez que Trump foi absolvido em um julgamento de impeachment em pouco mais de um ano. No primeiro processo, encerrado em 5 de fevereiro de 2020, ele era acusado de abuso de poder ao pedir ao governo da Ucrânia que conseguisse evidências de corrupção contra adversários políticos. Ele condicionou a liberação de uma verba de auxílio militar a essa ajuda.

Dia de reviravoltas

 

No sábado, quinto dia do julgamento, o processo teve algumas reviravoltas. Logo no início do dia, a equipe de acusação pediu para incluir testemunhas no processo. O objetivo era incluir o depoimento da congressista republicana Jaime Herrera Beutler, relatando uma conversa que Trump teve por telefone com o líder do partido na Câmara dos Representantes, Kevin McCarthy, no dia da invasão ao Capitólio, 6 de janeiro.

Durante a invasão, McCarthy ligou para Trump, pedindo que ele ordenasse que os invasores saíssem do Capitólio. De início, o então presidente chegou a dizer que os manifestantes não seriam seus apoiadores, mas sim membros de grupos de esquerda, como os antifas.

Veja também

  • Defesa de Trump mantém alegações de fraude eleitoral

    Internacional

    Defesa de Trump mantém alegações de fraude eleitoral

     


  • Lideranças entram em acordo e julgamento de Trump continua

    Internacional

    Lideranças entram em acordo e julgamento de Trump continua

     


  • Trump: Senado aceita testemunhas e decisão deve ser adiada

    Internacional

    Trump: Senado aceita testemunhas e decisão deve ser adiada

     

O representante, então, falou: “não, esse é o seu pessoal”. E Trump respondeu: “bom, Kevin, acho então que essas pessoas estão mais revoltadas com a eleição do que você”. Os dois republicanos teriam trocado ofensas em seguida.

O parlamentar descreveu a conversa a diversos colegas, incluindo Beutler, que anotou tudo o que ouviu. Além dela, outros membros do partido confirmaram o relato para a emissora norte-americana, mas sem divulgar suas identidades.

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.