Google é multado na França por ‘classificação enganosa’ de hotéis 

google-e-multado-na-franca-por-‘classificacao-enganosa’-de-hoteis 
Jornal Lagoa News

Google pagará multa de R$ 6,5 milhões por avaliações "enganosas" de hotéis na FrançaGoogle pagará multa de R$ 6,5 milhões por avaliações “enganosas” de hotéis na França  –  24/02/2016 REUTERS/Eric Gaillard

A França multou o Google em um milhão de euros, cerca de R$ 6,5 milhões, em conversão direta, por desenvolver uma “classificação enganosa” de hotéis com base em seus próprios critérios, que substituíram a classificação oficial, anunciou nesta segunda-feira (15) a brigada antifraude.

A agência abriu sua investigação em 2019 depois que proprietários de hotéis protestaram que o Google estava atribuindo estrelas com base em seus próprios critérios, e não as estrelas concedidas pela agência de desenvolvimento turístico France Atout.

Veja também

  • Sonda da missão ExoMars detecta novo gás na atmosfera de Marte

    Tecnologia e Ciência

    Sonda da missão ExoMars detecta novo gás na atmosfera de Marte

     


  • Cientistas descobrem seres vivendo no fundo do mar da Antártica

    Tecnologia e Ciência

    Cientistas descobrem seres vivendo no fundo do mar da Antártica

     


  • Todo o coronavírus do mundo cabe dentro de uma lata, diz pesquisa

    Tecnologia e Ciência

    Todo o coronavírus do mundo cabe dentro de uma lata, diz pesquisa

     

Para aumentar a confusão dos usuários, o gigante americano usava o mesmo sistema de uma a cinco estrelas da France Atout.

Ao realizar verificações, o organismo constatou que vários hotéis tinham uma classificação inferior à oficial, enquanto outros tinham mais do que deveriam, “uma prática que é particularmente prejudicial para os consumidores, que foram induzidos ao erro sobre o nível de serviço que poderiam esperar”.

A denúncia de “práticas comerciais enganosas” foi apresentada à Promotoria de Paris, que propôs um acordo de 1,1 milhão de euros que o Google aceitou.

Não é a primeira vez que o Google se encontra na mira dos reguladores franceses. Em dezembro, a agência de proteção de dados CNIL multou o Google em 100 milhões de euros por colocar “cookies” de publicidade nos computadores sem obter consentimento prévio dos usuários.

No mês passado, a gigante americana assinou um acordo com grupos de mídia franceses sobre o pagamento de royalties digitais, após meses de luta.

Jornal Lagoa News

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.