Fim do Boletim de Ocorrência gratuito

Utilidade Pública

Jornal Lagoa News

Em regime de urgência, através do projeto 00320/2019, o Poder Legislativo do Estado de Mato Grosso do Sul, entre outras providências, aprovou a cobrança dos assentamentos do Boletim de Ocorrência (B.O.) quando se tratar de extravio de documentos e objetos no caso do interessado dirigir-se à delegacia de policia para fazer o registro presencial. Nesta modalidade, o comunicante deverá pagar uma taxa de R$ 14,38.

O registro do B.O. quando realizado no sistema online do site da Delegacia Virtual continuará com a gratuidade, o que poderá incentivar o comunicante evitar o comparecimento aos órgãos responsáveis evitando filas e o congestionamento dos serviços ao público.

O delegado-geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas, explicou que esse procedimento servirá de incentivo para que a população possa procurar ainda mais os serviços da Delegacia Virtual. “Hoje cerca de 40% dos boletins registrados nas Depacs (Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário) no Estado são de fatos relacionados a extravios.”

Houve mudança no valor tarifário, no caso do interessado retirar a cópia do B.O. físico, cujo valor atual é de R$ 28,77. Este valor foi reajustado para R$ 14,38.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.