Explosão em edifício mata sete e deixa 52 feridos em Bangladesh

explosao-em-edificio-mata-sete-e-deixa-52-feridos-em-bangladesh
Jornal Lagoa News

Explosão em prédio comercial matou 7 pessoas e feriu mais de 50 em BangladeshExplosão em prédio comercial matou 7 pessoas e feriu mais de 50 em BangladeshEFE/EPA/MONIRUL

Pelo menos sete pessoas morreram e 52 ficaram feridas neste domingo (27) em uma explosão causada por um vazamento de gás em um prédio comercial de três andares em Daca, capital de Bangladesh.

A explosão ocorreu por volta das 19h30 (local, 10h30 de Brasília) no térreo da construção na região de Mogbazar, uma área densamente povoada da cidade.

“As informações que temos até agora são de sete mortos”, declarou à Agência Efe o delegado conjunto da Polícia Metropolitana de Daca, Nurul Islam. “Tudo indica que foi devido a um vazamento de gás”, acrescentou.

Veja também

  • Leia a íntegra da reunião ministerial liberada pela Justiça

    Brasil

    Leia a íntegra da reunião ministerial liberada pela Justiça

     


  • Paquistão ordena corte de redes sociais após manifestações

    Internacional

    Paquistão ordena corte de redes sociais após manifestações

     


  • Prédio residencial desaba no Egito e mata pelo menos quatro pessoas

    Internacional

    Prédio residencial desaba no Egito e mata pelo menos quatro pessoas

     

Após a explosão, o primeiro andar do edifício ruiu, e a onda expansiva causou sérios danos a várias construções da região, com vidros quebrados, entre outros danos. Um restaurante estava aberto no térreo do prédio.

Cerca de 40 feridos foram levados ao Hospital Universitário de Daca, relatou à Efe Baccu Miah, um funcionário do hospital, que disse também que 12 pessoas foram levadas para a unidade de queimados de outro centro médico.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.