“Expectativa é voltar às aulas dia 12”, projetam escolas particulares

“expectativa-e-voltar-as-aulas-dia-12”,-projetam-escolas-particulares
Jornal Lagoa News

Sindicato das escolas particulares acredita no retorno às aulas presenciaisSindicato das escolas particulares acredita no retorno às aulas presenciais – //Salvador Sas/EFE – 27.08.20

Colégios particulares da capital anunciaram que não devem retomar as atividades presenciais na próxima segunda-feira (12), mesmo que o governo do estado retorne para a fase vermelha do Plano São Paulo. A decisão vai na contramão do Sieesp (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo) e do movimento Escolas Abertas formado por pais e pediatras.

“A expectativa é que o governo libere o retorno presencial na próxima segunda”, diz Benjamnin Ribeiro da Silva, presidente do Sieesp. “Defendemos que as escolas sejam as últimas a fechar e as primeiras a abrir.”

Para Ribeiro da Silva, o fechamento das escolas “têm agravado problemas psicológicos e emocionais nas crianças e adolescentes, além do aumento de casos de violência e abusos, mais do que nunca as escolas precisam abrir.”

O Movimento Escolas Abertas considerou ilegal a decisão do prefeito Bruno Covas (PSDB) de manter as escolas fechadas nesta semana. Apesar do governador João Doria (PSDB) ter assinado um decreto estabelecendo que a Educação é uma atividade essencial, Covas manteve as restrições.

Por meio de nota, o Movimento informa que “diversos estudos científicos nacionais e internacionais comprovam que o ambiente escolar é seguro para alunos e profissionais. Neste momento, é preciso que o Decreto n. 65.384/2020 seja cumprido garantindo o retorno às aulas presenciais, seguindo rigorosamente todos os protocolos de segurança e distanciamento social.”

Entidades como o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) tem alertado para o risco de evasão escolar e desnutrição dos estudantes, principalmente em situação de vulnerabilidade social, neste longo período com atividades remotas.

Mesmo assim, algumas escolas decidiram manter o distanciamento social mesmo que o estado de São Paulo saia da fase emergencial como é o caso do Colégio Santa Cruz e do Santa Maria.

“Apenas escolas de elite, que vivem uma realidade muito diferente e atendem a um público muito seleto podem fazer um anúncio como esse”, afirma Ribeiro. “Essa não é a realidade dos estudantes da maioria das escolas particulares de São Paulo e sabemos que as crianças estão mais protegidas na escola do que em casa.”

Veja também

  • Cidade de São Paulo vai aplicar vacina contra gripe em escolas

    São Paulo

    Cidade de São Paulo vai aplicar vacina contra gripe em escolas

     


  • Vestibular: USP abre inscrições para curso online e gratuito de redação

    Educação

    Vestibular: USP abre inscrições para curso online e gratuito de redação

     


  • Escola da Irlanda oferece bolsa de estudos para brasileiros

    Educação

    Escola da Irlanda oferece bolsa de estudos para brasileiros

     

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.