Espanha supera marca de 50 mil pessoas mortas por Covid-19

espanha-supera-marca-de-50-mil-pessoas-mortas-por-covid-19
Jornal Lagoa News
País acumula 1.879.413 casos confirmados de covid

País acumula 1.879.413 casos confirmados de covid
Ramón de La Rocha/EFE

A Espanha superou a marca de 50 mil mortes por Covid-19, segundo dados anunciados pelo Ministério da Saúde do país nesta segunda-feira (28).

Desde a última quinta-feira (24), quando haviam sido divulgados os últimos números sobre o novo coronavírus pelo governo espanhol, 298 pessoas morreram da doença. Com isso, subiu para 50.122 o total de óbitos no país devido à covid desde o início da pandemia.

Já o número de contágios entre o último dia 24 e hoje foi de 24.462, e o total desde março chegou a 1.879.413. A incidência acumulada nos últimos 14 dias caiu para 246,19 casos por 100.000 habitantes (-16,60).

Leia: Espanha confirma quatro casos de infectados por mutação do vírus

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, existem atualmente 2.172 pacientes com covid-19 internados no país, 1.428 a mais do que em 24 de dezembro, e a taxa de ocupação hospitalar por pessoas com a doença subiu de 8,8% para 10,04%. As UTIs (unidades de terapia intensiva) representam 21,14% desses leitos ocupados.

“Há duas ou três semanas observamos uma diminuição das mortes, mas os números ainda são muito elevados”, afirmou o porta-voz do governo espanhol para a pandemia, Fernando Simón, em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

 

Atraso na vacinação

Pfizer adiou a entrega de outras doses de sua vacina contra a Covid-19, diz governo espanhol

Pfizer adiou a entrega de outras doses de sua vacina contra a Covid-19, diz governo espanhol
Frederic Sierakowski/EFE/EPA – 27.12.2020

 

O Ministério da Saúde também informou nesta segunda-feira que a Pfizer adiou a entrega de outras doses de sua vacina contra a Covid-19 “devido a um problema no processo de carregamento e envio” a partir de sua fábrica em Puurs, na Bélgica, e que este atraso também afetou outros sete países europeus.

Poucas horas depois, o titular da pasta, Salvador Illa, confirmou em entrevista a uma rádio local que o problema havia sido resolvido e que todas as doses estipuladas chegarão à Espanha nesta terça-feira (29). As primeiras 9.750 vacinas produzidas em parceria pelas farmacêuticas Pfizer e BioNTech chegaram ao país no sábado em dois contêineres vindos da Bélgica.

No último domingo (27), a campanha de imunização começou em todas as regiões espanholas e tem como público-alvo presidiários, funcionários de asilos, centros para pessoas com deficiência e profissionais da saúde, por serem os grupos mais vulneráveis ou expostos à doença.

“Não temos conhecimento de nenhum efeito colateral causado pelas vacinas aplicadas ontem”, disse Illa em entrevista coletiva. Em geral, “a avaliação tem sido positiva”, e a vacinação representa “o começo do fim” da pandemia, ainda segundo o ministro espanhol.

Illa também agradeceu ao povo espanhol pela resposta durante as celebrações de Natal e pediu que “não baixe a guarda”, mantendo níveis mínimos de contato social, além de “muita cautela” durante os festejos de Ano-Novo.

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.