Entrevista exclusiva do presidente da UMAM ao Lagoa News

Reeleito em 2018, para o terceiro mandato consecutivo

Jornal Lagoa News

Na tarde desta quinta-feira (26), a reportagem do Lagoa News  visitou o presidente da Umam (União Municipal das Associações de Moradores) de Campo Grande, o advogado José Gondim dos Santos para uma breve entrevista. Reeleito em 2018, para o terceiro mandato sucessivo, como valorização e reconhecimento público, recebeu Moção de Congratulação concedida pela Câmara Municipal de Campo Grande.

No recinto aconchegante do seu escritório, Gondim falou acerca da sua missão diante da Umam, um trabalho cuja dedicação e denodo tem sido a marca da sua gestão, um profícuo trabalho de assessoramento e apoio as associações de moradores de Campo Grande através de uma assessoria jurídica, contábil, e administrativa; ou seja, a Umam não é um órgão fiscalizador, sua exclusividade é de assistência e proteção, visando nortear as ações da função administrativa das associações de moradores em todos os quesitos, valorizando as atividades dos líderes comunitários.

Foto: Lagoa News

1 – O senhor está conduzindo a Umam em um terceiro mandato. Têm planos em concorrer às eleições para um possível quarto mandato?

Não. Faço um trabalho comunitário e, de repente, posso mudar de ideia, mas a minha posição hoje é não prosseguir para um quarto mandato; penso que é bom dar oportunidade para novas pessoas. Assumimos a Umam e havia uma sala pequena locada aqui no Conjunto Nacional, mas conseguimos mudar para uma sala maior e hoje estamos reformando nossa sede no bairro Monte Castelo para deixar tudo adequado para que uma nova diretoria esteja à frente quando encerrar meu mandato.

2 – Essa sede que está em reforma no Monte Castelo, é própria?

É um terreno da Prefeitura Municipal com a permissão de uso da área concedida a Umam.

3 – Quando encerra o mandato do presidente de uma das associações de bairro, quais são os passos para uma nova eleição?

Geralmente, a maioria dos estatutos prevê a convocação de uma nova eleição quando estiver faltando de 30 a 45 dias para terminar o mandato. Quando chega a época, entramos em contato com o presidente e de comum acordo publica-se um edital para fazer a nova eleição. Por exemplo, no bairro Caiobá 1 haverá nova eleição. O Sr. José dos Santos (Jafé) é o presidente atual e está vencendo o mandato dele; então, já marcamos a data para a nova eleição.

4 – Então, as chapas de possíveis candidatos, se existem, ou a chapa única pleiteando a reeleição do atual presidente no bairro Caiobá 1 (Portal Caiobá) já foi registrada?

Não. Será publicado um edital para que os candidatos registrem suas chapas até 10 dias antes das eleições. As chapas concorrentes são registradas; fazemos uma reunião com os candidatos e prosseguimos com as eleições.

5 – Essa Associação de Moradores do bairro Portal Caiobá, ou Caiobá 1, como dizem, presidida atualmente pelo Sr. José dos Santos Jafé, já tem data marcada para a eleição de um novo presidente. Qual é essa data e o local de votação?

Será em 20 de outubro próximo, na Escola Municipal Antônio Lopes Lins.

6 – Para registrar a chapa, a princípio, os interessados devem apresentar os nomes dos candidatos a presidente e a vice-presidente, somente? Ou terão que apresentar os nomes de toda a diretoria?

Para o registro, as chapas devem ser completas, compostas de toda a diretoria, ou seja, presidente, vice-presidente, primeiro e segundo secretário, primeiro e segundo tesoureiro, três titulares do conselho fiscal e três suplentes. São 12 pessoas.

7 – Quanto à documentação. Quais são os documentos que deverão ser apresentados pelos candidatos para o registro da chapa?

Na Umam tem uma ficha cadastral que será fornecida para que os candidatos de cada chapa preencham (nome, RG, CPF, estado civil, profissão, nacionalidade, endereço) e apresentem RG e CPF. Qualquer pessoa da diretoria poderá fazer a retirada da ficha cadastral para o preenchimento dos dados dos concorrentes que compõem a chapa.

8 – Na verdade, somente é permitido que moradores cadastrados votem para eleger uma das chapas. Então, quanto maior for o número de moradores cadastrados será melhor, porque haverá uma maior participação.  Como e quando deverá ser realizado o recadastramento dos moradores?

Os cadastros antigos são do quadro social e permanecem. O recadastramento de novas pessoas poderá ser feitos pelas chapas. Toda chapa concorrente poderá fazer o recadastramento que será entregue na Umam. Tão logo haja o registro da chapa fornecemos as fichas para que os próprios candidatos possam fazer os recadastramentos.

9 – Os esclarecimentos fornecidos por Vossa Senhoria serão muitíssimo úteis não somente para a comunidade do Caiobá 1 que caminha para uma nova eleição; mas, também, para toda a comunidade campo-grandense. Que vossa missão diante da Umam (União Municipal das Associações de Moradores) de Campo Grande seja cada vez mais coroada de pleno êxito.  

Eu que agradeço a iniciativa do Jornal Lagoa News, principalmente no que tange a esclarecimentos aos moradores dos bairros da nossa cidade. Quaisquer dúvidas estamos à disposição de todos, basta entrar em contato conosco que será um prazer ajudar naquilo que estiver ao nosso alcance.

 

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.