Diretor do Bayern, Kahn nega acerto entre Lewandowski e Barcelona: ‘Absurdo’

Jornal Lagoa News

Lenda do futebol alemão e diretor executivo do Bayern de Munique, o ex-goleiro Oliver Kahn rebateu veementemente as notícias de que Robert Lewadowski, atual melhor jogador do mundo eleito pela Fifa, teria um acordo para jogar no Barcelona. Ao comentar o suposto acerto, noticiado pelo canal polonês TVP Sport na última segunda-feira, Kahn tratou a especulação como algo “absurdo”.

“Aparentemente, há uma competição por aí: quem virá com a história mais absurda sobre Lewandowski”, comentou o ex-goleiro em entrevista à plataforma de streaming Prime Video. “Primeiro de tudo, é muito importante dizer que temos um contrato que dura mais uma temporada. Nós sempre dissemos que iríamos começar as conversas (para renovar) e começamos há muito tempo”, completou.

O atacante polonês de 33 anos tem contrato com o Bayern até junho de 2023. Ele está no clube há oito temporadas e sempre impressiona com números incríveis. Desde que chegou, disputou 370 partidas e marcou 341 gols. Só nesta temporada, balançou a rede 47 vezes em 41 jogos disputados.

“Quando houver algo para comunicar, nós o faremos. Eu digo que, definitivamente, temos mais uma temporada com Robert Lewandowski. Robert sabe o que ele deve para nós, e nós sabemos o que nós devemos a ele. Agora, vamos esperar e ver, relaxados”, afirmou Oliver Kahn.

Eliminado da Liga dos Campeões pelo surpreendente Villatreal, após empate por 1 a 1 no jogo de volta das quartas de final, na última terça-feira, o Bayern está focado em buscar o décimo título seguido do Campeonato Alemão. Faltam cinco rodadas para o fim da disputa, e os bávaros ocupam a liderança isolada, com 69 pontos contra 60 do vice-líder Borussia Dortmund.

Jornal Lagoa News

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.