Deputada diz que prepara pedido de impeachment de Trump

deputada-diz-que-prepara-pedido-de-impeachment-de-trump
Jornal Lagoa News

Jim Lo Scalzo / EFE – EPA – 6.1.2021

Uma deputada norte-americana do Partido Democrata afirmou, nesta quarta-feira (6), que está preparando um pedido de impeachment contra o presidente Donald Trump após uma multidão invadir o Capitólio dos Estados Unidos, após o presidente pedir que seus apoiadores lutassem para reverter sua derrota eleitoral.

“Não podemos permitir que ele continue no poder, é uma questão de preservar a nossa República, e precisamos cumprir nossos votos”, afirmou a Deputada Ilhan Omar, do estado de Minnesota, no Twitter, apesar de faltarem duas semanas até a posse do presidente eleito Joe Biden.

Centenas de manifestantes marcharam de um comício de apoio a Trump na frente da Casa Branca até o Capitólio e invadiram o edifício. Vídeos mostram pessoas quebrando janelas para entrar no prédio. Parlamentares do Senado e da Câmara dos Deputados foram retirados de uma sessão de confirmação da vitória eleitoral de Biden.

Pedidos do impeachment se espalharam rapidamente pelas redes sociais a partir de parlamentares democratas, comentaristas e até de alguns dos colegas republicanos de Trump.
“Incitação a um golpe justifica impeachment”, afirmou o presidente da Associação Nacional para o Progresso das Pessoas de Cor (NAACP, na sigla em inglês), Leon Russell, pelo Twitter.
Russell, entre outros, também pediram que o gabinete de Trump ativasse a 25ª emenda da Constituição dos Estados Unidos, que transfere o poder ao vice-presidente caso o presidente se torne inapto a exercer seu cargo.

O colunista Thomas Friedman, do New York Times, disse que o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, precisa liderar uma delegação de líderes republicanos e ir até a Casa Branca “para dizer a Trump que ele precisa renunciar imediatamente — ou eles irão se juntar aos democratas para o impeachment”.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.