De Maradona a Ronaldinho: veja craques que foram à falência

Jornal Lagoa News

O mundo do futebol pode ser deslumbrante para muitos jogadores. Não são poucos os atletas que, depois de conquistarem os primeiros milhões, se empolgam com a vida de luxos e acabam em situação financeira complicada. De Maradona a Ronaldinho, relembre boleiros que perderam muito dinheiro

Asamoah Gyan, ele mesmo, que perdeu o pênalti contra o Uruguai nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, é um dos figurões que integram essa lista. Com problemas para pagar pensão aos filhos, o camaronês afirmou em 2018 que só teria 600 euros em sua conta bancária

Outro boleiro com a conta bancária esvaziada foi Ronaldinho Gaúcho. Em 2018, o brasileiro disse ter apenas cinco euros enquanto era cobrado por dívidas na casa de 1,75 milhões de euros (R$ 10 milhões) após receber multas por construir um imóvel de forma irregular em área protegida no Brasil

Quem nunca investiu em uma furada? Ex-goleiro de Tottenham e Aston Villa, Brad Friedel tentou abrir uma escola de futebol nos Estados Unidos, mas os planos ambiciosos do ex-jogador não deram certo. Segundo o “The Sun”, o boleiro chegou a dever cinco milhões de euros (R$ 31 milhões) e teve sua casa tomada pelo banco por dívidas

John Arne Riise, ex-jogador do Liverpool, teve seu nome envolvido em fraudes de cerca de 3 milhões de euros (R$ 18  milhões) na Noruega, e declarou falência após o ocorrido, de acordo com o “The Sun”

Paul Gascoigne, histórico jogador da seleção da Inglaterra, chegou a dever cerca de 42 mil euros (R$ 266 mil) em impostos e lutou contra uma dívida de 200 mil euros (R$ 1,2 milhões) após sofrer com depressão e abuso de drogas

Paul Merson, ex-jogador do Arsenal, também viu sua fortuna se desfazer após adquirir um forte vício em apostas. Segundo o “The Sun”, o ex-atleta queimou mais de 7 milhões de euros (R$ 43 milhões) apostando

Keith Gillespie, ex-jogador do Newcastle, também sofreu com o vício em apostas e perdeu cerca de 7,2 milhões de euros (R$ 44 milhões)
 

Diego Armando Maradona, que morreu em novembro do ano passado, declarou falência em 2009, após autoridades da Itália cobrarem cerca de 42 milhões de euros (R$ 261 milhões) em impostos não pagos, da época em que o argentino era jogador do Napoli  

Royston Drenthe, conhecido nos anos 2000 após passagens pelo Everton, da Inglaterra, e seleção holandesa, foi outro boleiro a declarar falência, em 2020

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.