Covid-19: falta de oxigênio causa 12 mortes em hospital peruano

covid-19:-falta-de-oxigenio-causa-12-mortes-em-hospital-peruano
Jornal Lagoa News

Peru tem mais de 1,6 milhões de casos confirmados de covid-19 e 54,2 mil mortes Peru tem mais de 1,6 milhões de casos confirmados de covid-19 e 54,2 mil mortes – Jorge Esquivel / EFE – Arquivo

A rede de saúde pública do Peru confirmou neste sábado (10) a morte de 12 pacientes de covid-19 no hospital de Talara, na região norte do país, que ficou sem oxigênio nesta sexta-feira. A filial de Piura, região à qual Talara pertence, lamentou a falha.

Leia também: Peru anuncia que vacinará cidadãos estrangeiros contra covid-19

O hospital de Talara, localizado em uma área produtora de petróleo, tem um tanque de 10 toneladas para fornecer oxigênio a todos os internados e ainda 95 balões de reserva. Entretanto, a rede detalhou que há alguns dias solicitou a substituição do oxigênio líquido ao fornecedor, mas o pedido não foi atendido na data solicitada. De acordo com a empresa Oxyman, o fornecimento vem da cidade de Lima e eles não tinham o recurso na região.

Porém, a questão da falta de oxigênio é um problema regional, ressaltou a agência, que anunciou que na próxima semana será instalado outro isotanque com a mesma capacidade e uma fábrica de oxigênio de 60 metros cúbicos que ajudará a atender à demanda excessiva em Piura.

Prefeito protesta

 

O prefeito de Talara, José Vitonera, denunciou horas antes que as autoridades do hospital local haviam relatado pelo menos 15 mortes por falta de oxigênio e reclamou que a empresa estatal PetroPerú não havia cumprido com a promessa de equipar um hospital para pacientes de covid-19 na área.

Veja também

  • América Latina e Caribe superam 800 mil mortos por covid-19

    Internacional

    América Latina e Caribe superam 800 mil mortos por covid-19

     


  • Bolívia amplia por uma semana restrições na fronteira com Brasil

    Internacional

    Bolívia amplia por uma semana restrições na fronteira com Brasil

     


  • Segundo Anistia, pandemia revela uma América ainda mais desigual

    Internacional

    Segundo Anistia, pandemia revela uma América ainda mais desigual

     

Enquanto isso, o representante da Defensoria do Povo em Piura, Cesar Orrego, informou que pelo menos 13 pessoas morreram nesta sexta no hospital de Talara devido à falta de oxigênio.

“Eles têm um isotanque, mas ficou sem oxigênio. Às 9h da manhã desta sexta-feira (11h de Brasília) eles mudaram o sistema de oxigenação, enquanto isso, entre a falta de oxigênio e a mudança do sistema, as pessoas morreram”, detalhou Orrego à emissora de televisão “RPP Noticias”.

“Não tenho nenhum histórico de uma situação tão grave em um hospital até agora durante a pandemia”, comentou Orrego.

A defesa, o município e os familiares dos mortos exigiram uma investigação dos fatos, em um momento em que a região norte é uma das mais afetadas pelo novo aumento de casos e mortes por covid-19.

Após adicionar nas últimas 24 horas mais 5.305 infectados, o número total de casos no Peru chegou a 1.626.519, enquanto o número de mortes chegou a 54.285, após relatar 307 mortes até sexta-feira

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.