Covid-19: Argentina decreta toque de recolher após aumento de casos

covid-19:-argentina-decreta-toque-de-recolher-apos-aumento-de-casos
Jornal Lagoa News
Restrição de circulação valerá entre as 23h e as 6h

Restrição de circulação valerá entre as 23h e as 6h
Flickr

Depois de atingir pelo terceiro dia seguido a marca de mais de 13 mil novas pessoas infectadas pelo coronavírus, o chefe da Casa Civil argentina, Santiago Cafiero, anunciou nesta sexta-feira (8) algumas diretrizes gerais que terão como objetivo conter a disseminação do coronavírus no país.

A medida mais drástica é o toque de recolher, que começará a valer a partir da publicação no Diário Oficial, o que deve ocorrer ainda na tarde desta sexta-feira (8). A proposta é de que, entre as 23h e as 6h, a circulação de pessoas seja restrita somente a trabalhadores e a quem dependa de serviços essenciais.

O decreto publicado estabelecerá uma série de recomendações sobre o toque de recolher, mas cada cidade definirá como as medidas serão aplicadas aos seus cidadãos. A expectativa das autoridades da Argentina é de que as medidas se estendam ao longo de 14 dias.

A ideia do governo é reduzir a circulação de pessoas nas ruas no horário noturno, principalmente de jovens e restringir as reuniões a um número máximo de 10 pessoas.

Também faz parte da estratégia para conter o número de casos a diminuição de voos nacionais e  internacionais. As autoridades também pretendem que um exame PCR seja realizado em cada passageiro que desembarcar no país.

Veja também

  • Irã proíbe importação de vacinas dos EUA e Reino Unido

    Internacional

    Irã proíbe importação de vacinas dos EUA e Reino Unido

     


  • EUA registram 4 mil mortes em um único dia por covid-19

    Internacional

    EUA registram 4 mil mortes em um único dia por covid-19

     


  • EUA: policial do Capitólio é a 5ª vítima fatal de invasão

    Internacional

    EUA: policial do Capitólio é a 5ª vítima fatal de invasão

     

“O Governo Nacional define os parâmetros e dispara os alarmes, mas quem deve tomar as decisões e adaptar as regras são os respectivos governadores e o Chefe do Governo da CABA (Cidade Autônoma de Buenos Aires)”, destacou o chefe da Casa Civil.

Governadores de três distritos já afirmaram que não vão seguir todas as medidas de restrição sugeridas no decreto: Cidade Autônoma de Buenos Aires (CABA), Córdoba e Mendoza.

*Estagiário do R7 sob suprevisão de Pablo Marques

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.