Bolsonaro insiste na tese de que tem o direito de interferir na PF

Brasil 247

Jornal Lagoa News

Jair Bolsonaro e Polícia Federal

247 – Jair Bolsonaro voltou a defender nesta segunda-feira, 27, a tese de que tem direito de interferir na Polícia Federal.

“Uma coisa é pedir informações sobre inquéritos sigilosos em curso (o que nunca houve) e outra coisa ter acesso a conhecimento de inteligência produzido nos termos da Lei (o que sempre me foi dificultado)”, afirmou Bolsonaro pelo Twitter.

A troca do ex-diretor-geral da PF Mauricio Valeixo foi denunciada pelo ex-ministro Sérgio Moro como uma tentativa de Bolsonaro de controlar politicamente e interferir em investigações em curso, como o inquérito do Supremo Tribunal Federal que investiga ataques e disseminação de fake news contra autoridades.

Para a Polícia Federal, não há dúvidas de que Jair Bolsonaro pressionou Valeixo, homem de confiança de Sérgio Moro, porque tinha ciência de que a Polícia Federal havia chegado ao seu filho Carlos Bolsonaro.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

 

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.