Argentina tem pela 1ª vez 50 mil casos de Covid-19 em 24 horas

argentina-tem-pela-1a-vez-50-mil-casos-de-covid-19-em-24-horas
Jornal Lagoa News
Argentina bate novo recorde de casos de Covid-19 registrados em 24 horas

Argentina bate novo recorde de casos de Covid-19 registrados em 24 horas
Juan Ignacio Roncoroni/EFE

A Argentina registrou um novo recorde de infecções diárias por covid-19, somando 50.506 casos nesta quinta-feira (30) e superando o recorde anterior de mais de 42 mil contabilizado na véspera, anunciou o Ministério da Saúde.

O número de infecções é duas vezes e meia maior que o da segunda-feira passada e representa dez vezes mais que os 5 mil casos registrados no final de novembro.

Na quarta-feira, com 42.032 casos, a Argentina ficou em primeiro lugar em novas infecções na América Latina, à frente do Brasil (9.128), Colômbia (6.326), Bolívia (6.149) e México (5.290). Globalmente, ficou em sétimo lugar, atrás dos Estados Unidos (480.129), Reino Unido, França, Espanha, Itália e Canadá.

No somatório dos últimos sete dias, o país sul-americano está em décimo lugar com 140.738 novos casos, com crescimento de 218,7% em relação à semana anterior, segundo cálculo da AFP com base em números oficiais.

Em meio ao aumento exponencial dos casos, a partir de 1º de janeiro será necessário apresentar um passe sanitário que comprove a imunização pelo esquema de vacinação completo para ingressar em boates, casas de show e festas em espaços fechados, em eventos com mais de mil pessoas em espaços abertos e em viagens de grupo de estudantes ou aposentados.

No entanto, o aumento dos casos ainda não se reflete em um crescimento exponencial de pacientes internados em terapia intensiva e óbitos.

Nesta quinta-feira ocorreram 35 mortes, o mesmo balanço diário de um mês atrás, o que marca uma diferença com a situação de maio passado quando as infecções diárias atingiram 41 mil mas com uma média de 500 mortes por dia durante várias semanas.

As autoridades sanitárias atribuem o baixo índice de mortalidade ao avanço da campanha de vacinação iniciada há um ano e que desde 12 de outubro inclui crianças a partir de 3 anos na Argentina.

Até agora, 73% dos 45 milhões de argentinos completaram o esquema completo e destes 12% receberam uma terceira dose de reforço. Enquanto isso, outros 11% receberam apenas uma dose, a maioria crianças e adolescentes.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, na Argentina, houve 5,6 milhões de pessoas infectadas e pouco mais de 117.000 mortes.

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.