Americana cria 50 ratos dentro de casa e ainda dá banho nos pets na pia da cozinha

americana-cria-50-ratos-dentro-de-casa-e-ainda-da-banho-nos-pets-na-pia-da-cozinha
Jornal Lagoa News
Americana cria 50 ratos e dá banho nos animais na pia da cozinha

Americana cria 50 ratos e dá banho nos animais na pia da cozinha
Reprodução: Facebook/Michele Tinoyan

No final do ano passado, Michele Raybon, 51 anos, moradora de Palmdale, na Califórnia, faz sucesso no Facebook após postar um vídeo de seus 50 ratos, 25 machos e 25 fêmeas, tomando banho na pia de sua cozinha. A publicação recebeu mais 350 mil visualizações. 

Michele, que atualmente está aposentada, recebeu seus primeiros “bebês”, como ela chama seus pets, em 2018, de um criador no Texas. De acordo com o jornal britânico Daily Mail, foi a partir da chegada dos ratos-toupeira-pelados, Elvis e Chuck, e dos ratos encapuzados, Lucy e Ethel, que ela começou a criar os animais. 

Quando se mudou para a Califórnia, ela notou que não havia criadores de ratos na região. Por causa disso, a aposentada começou a vender os roedores, mas logo decidiu parar e os manteve como animais de estimação. 

“É por isso que eu tenho tantos, porque eu os criei por temperamento, só para poder vendê-los para outras pessoas que amam ratos”, afirma.  

 

A aposentada Michele Raybon começou sua criação de ratos com apenas dois casais

A aposentada Michele Raybon começou sua criação de ratos com apenas dois casais
Reprodução: Facebook/Michele Tinoyan

 

Quando Michele recebe visitas, muitas vezes, as pessoas ficam chocadas com o número de roedores que encontram, mas ela diz que seus ‘bebês’ as cativam rapidamente e que cada um deles tem sua própria personalidade, sendo alguns mais sociáveis que outros. 

“Todos os meus ratos têm um bom temperamento, então eu apresento alguém a um deles e geralmente eu os conquisto, ou os ratos os conquistam”. 

O desejo da americana é mudar o estigma das pessoas sobre ratos, que acreditam que os roedores são animais sujos e doentes.

“Muitas pessoas mudaram de ideia e surpreendentemente os querem como animais de estimação. Algumas pessoas são muito abertas, mas outras nem tanto”, diz Michele.

Junto com os roedores, ela também cria quatro cachorros, três gatos e dois porcos. “Eu amo animais, queria ser veterinária quando crescesse, mas isso nunca aconteceu”. 

*Estagiária do R7, com supervisão de Pablo Marques

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.