Acidente de ônibus na Índia deixa pelo menos 37 mortos

acidente-de-onibus-na-india-deixa-pelo-menos-37-mortos
Jornal Lagoa News

Sete pessoas, incluindo o motorista, conseguiram sair da águaSete pessoas, incluindo o motorista, conseguiram sair da água –  Shankar Mishra / AFP – 16.02.2021

Pelo menos 37 pessoas morreram nesta terça-feira (16) em um acidente rodoviário no estado de Madhya Pradesh, no centro da Índia, quando o ônibus em que viajavam caiu em um canal, informou a Polícia à AFP.

“Até agora encontramos 37 corpos, que serão submetidos a necrópsia. As operações de busca e resgate continuam”, declarou à AFP Dharamveer Singh, delegado local.

De acordo com a imprensa local, sete pessoas, incluindo o motorista, conseguiram sair da água e estavam em segurança.

O acidente ocorreu quando o ônibus, que transportava mais de 50 passageiros, saiu da estrada e caiu em um canal próximo à cidade de Satna na madrugada desta terça-feira.

As autoridades locais interromperam o fluxo de água no canal para facilitar as operações de resgate e permitir que dois guindastes retirassem o ônibus, de acordo com a imprensa.

“O ônibus estava completamente submerso e demorou três horas para tirá-lo da água”, informou o jornal Times of India.

O gabinete do primeiro-ministro Narendra Modi tuitou que as famílias dos mortos no acidente receberiam uma indenização de ₹ 200 mil (aproximadamente R$ 14.766).

“Todo o estado está com as pessoas afetadas pela tragédia”, disse o primeiro-ministro de Madhya Pradesh, Shivraj Singh Chouhan, em uma mensagem de vídeo.

A causa do acidente ainda não foi esclarecida, mas a vasta rede de estradas da Índia é mal conservada e perigosa.

Em 2019, mais de 150.000 pessoas morreram em cerca de 500.000 acidentes nas estradas da Índia, ou 410 mortes por dia ou 17 mortes por hora, de acordo com dados do governo.

Jornal Lagoa News
Rubens Britto

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.