Abstenção: Sete em cada dez inscritos não fizeram o Enem Digital  

abstencao:-sete-em-cada-dez-inscritos-nao-fizeram-o-enem-digital- 
Jornal Lagoa News
Entrada dos candidatos para o segundo dia de aplicação do Enem Digital

Tânia Rêgo/Agência Brasil – 07.02.2021

O Enem Digital bateu o recorde de abstenção em sua primeira edição. De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 71,3% dos inscritos não compareceram para a realização da prova neste domingo (7), o equivalente a 66.733 candidatos.

Apesar do aumento da ausência em relação ao primeiro dia de aplicação, que registrou 68,1%, o presidente do Inep, Alexandre Lopes, considera que a prova na versão digital foi um sucesso e pretende estendê-lo para outros exames aplicados pelo instituto.

“Dia de aplicação bastante tranquilo, estamos muito satisfeitos com o resultado. Acho que neste momento estamos reescrevendo a história do Enem, escrevendo mais um capítulo importante. O Inep e o MEC conseguiram mostrar que é possível fazer uma prova digital um exame de larga escala no Brasil”, disse durante a entrevista coletiva transmitida pelo YouTube.

Ainda de acordo com Lopes, o Inep pretende ampliar a oferta para a realização do Enem Digital na edição de 2021. “O futuro agora é de aplicação de provas digitais (…) Estamos muito satisfeitos com o resultado que obtivemos do ponto de vista pedagógico, pela prova que foi feita, do ponto de vista pela logística de aplicação e também pelo sistema que utilizamos”, afirmou.

A previsão é de que a edição deste ano seja realizada entre novembro e dezembro. O candidato que não conseguiu realizar a prova devido a algum incidente logístico ou por apresentar sintomas de covid-19, tem do dia 8 a 12 de fevereiro para fazer o pedido de reaplicação, que será avaliado e divulgado até o dia 15 deste mês.

Jornal Lagoa News
Paulo da Costa
Jornalista e escritor, repórter do Jornal Lagoa News.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.